Shell apresenta solução logística inovadora, desenvolvida pela AQCES, para a distribuição de combustível no Espírito Santo; carreta com maior capacidade permitiu ganho de eficiência


Começa a funcionar esta semana, o novo modelo de distribuição de combustível da Shell no Estado do Espírito Santo. O projeto, desenvolvido pela AQCES ̶ uma empresa criada em 2009 e que vem experimentando um crescimento sólido ̶ chama a atenção pela inovação. Uma solução que não estava disponível no mercado foi elaborada pelo time de projetos da AQCES e encantou o cliente. A operação passa a ser feita com ajuda de recursos tecnológicos de última geração, controle total do processo e um número menor de equipamentos rodoviários com maior capacidade de transporte, e especialmente desenvolvidos para o projeto. Tudo isso será apresentado em Vitória, na próxima quinta-feira, dia 3 de fevereiro.



Quando a Shell propôs à AQCES o desafio da distribuição de combustíveis no estado do Espírito Santo, ela contava com uma frota de 13 equipamentos com baixa performance. A proposta da Shell, que já é atendida pela AQCES em operações no Nordeste, coleta de álcool e no transporte de combustível de aviação, era desenvolver um projeto com 11 equipamentos, mas a AQCES surpreendeu ao criar um modelo customizado e de alta performance que se utilizará de apenas 7 equipamentos.

”Isto permite a Shell reduzir o risco em HSSE (Health Safety Security Environment)”, segundo Marcos Veiga, Gerente de Contratação da Shell na América Latina. Na opinião dele, o projeto está alinhado com os três pontos fundamentais para a companhia: inovação e aumento de produtividade, capacidade de investimento e alta performance em HSSE.

“Nossa equipe não seguiu o caminho tradicional, desafiamos o modelo existente e buscamos o diferencial na inovação e na excelência operacional”, disse Antonio Fiorini, Diretor de Projetos e Inovação da AQCES.

O resultado foi uma solução completamente diferente: Aumentar a capacidade de carga líquida por veículo, reduzindo a quantidade de equipamentos e garantindo o controle total da operação. Este equipamento ganhou um eixo a mais, no lugar dos 3 eixos do cavalo mecânico foram colocados 4, sendo dois direcionais. Não houve grandes alterações no tamanho total, mas a nova carreta, tracionada por um cavalo Iveco Stralis 41T, transporta 45 metros cúbicos, o que significou um ganho de volume de 28,57% em comparação com a de 35 m3 e 50% em relação à de 30 m3. Soma-se a isto o esquema de distribuição 24 horas e gestão do planejamento logístico.

“A distribuição de combustível com esse modelo de carreta é inédito, mas o que mais encantou o cliente foi o caráter inovador da proposta”, disse Fiorini. O projeto foi desenvolvido para o Espírito Santo e vai funcionar como um piloto, o que significa que pode ser implantado em outras áreas do país. O investimento inicial é da ordem de 2,5 milhões de reais e inclui outros sistemas de tecnologia avançada que garantem total controle da operação. Entre eles a telemetria, um recurso presente nos carros de Fórmula 1 que vai muito além do rastreamento porque controla à distância todos os dados do veículo – velocidade, rotação do motor, posicionamento e informa até se os faróis estão acesos ou não, por exemplo.

AQCES
Fundada em 2009, a AQCES é uma empresa com expertise, estrutura, ferramentas avançadas, inovação e soluções integradas para toda a cadeia logística. Além de desenvolver projetos customizados, práticas de SSMA como bench marking, atende o mercado em 5 principais segmentos da economia brasileira: commodities agrícolas, commodities minerais, combustíveis, lubrificantes e gases industriais, químico e petroquímico, e alto valor agregado. Hoje a empresa possui mais de 1000 funcionários localizados no escritório central, em São Paulo, e em outras 22 bases de atuação. Em curta, porém consistente trajetória, a empresa tem marcado sua atuação com um time competente, um atendimento eficiente e antenado com o que há de mais moderno no mercado. Mais informações www.aqces.com.br

SHELL
A Shell atua no Brasil desde 1913. Além de Varejo, está presente nos segmentos de Aviação, Lubrificantes, Comercial, Marine, Químicos e Suprimentos e Distribuição. Com escritório central na cidade do Rio de Janeiro, a Shell tem o varejo como a área de negócio mais visível para o consumidor, com aproximadamente 2,7 mil postos de serviço. Em downstream, também tem negócios em Químicos, Shell Marine e Suprimentos e Distribuição. Já em upstream, a empresa conta com as áreas de Gás Natural e Geração de Energia e de Exploração e Produção — na qual se investiram mais de R$ 6 bilhões desde sua criação, em 1998. Mais informações www.shell.com.br

Comentários