Saiba como legalizar o seu negócio e torne-se um microempreendedor

Quem tem um pequeno negócio, mas vive na informalidade pode se tornar um microempreendedor individual.

Monalisa PerroneSão Paulo, SP
Foram mais de 10 anos de trabalho em tecelagens e outros tantos de um bico aqui e outro ali. Telma estava quase parando de costurar, quando surgiu a oportunidade e ela se transformou em uma microempreendedora.
A empresa da Telma funciona na casa dela. Basta prestar um pouquinho de atenção para perceber o progresso em nove meses de empresa. Hoje já são três máquinas, todas financiadas, ainda sendo pagas. Problema nenhum pra quem está cheia de planos e motivação.
“Antes você fica com medo da fiscalização bater na porta, e ver que você está trabalhando 'clandestinamente', o que é um peso”, explica Telma.
O programa do Governo Federal em parceira com o Sebrae já tirou mais de 400 mil pessoas da informalidade em todo o país.
O Sebrae aponta as vantagens: o novo empresário tem crédito com juros menores; como empresa pode comprar direto dos fabricantes, paga mais barato e negocia prazo; além disso passa a contribuir para a previdência.
"O que garante a ele uma aposentadoria, à família uma pensão por morte, salário maternidade, benefícios que na informalidade o empresário não possui", explica Julio César Durante, atendimento Sebrae.
O faturamento do negócio tem que ser de até 36 mil reais por ano. Os cadastrados são enquadrados no Programa Simples Nacional. Ou seja, ficam isentos de tributos federais, como imposto de renda, PIS e Confins, mas pagam um valor fixo mensal: R$ 57 mensais se for comércio ou indústria e R$ 62 se for prestação de serviço.
Podem participar do programa todos os trabalhadores que de alguma forma já exercem essa atividade empreendedora. O interessado pode ter outra fonte de renda, só não pode ter participação em outra empresa como sócio ou titular.
O programa garante até contador de graça.

Para quem ainda tem algum receio, Telma dá um conselho: “Está perdendo tempo de ter uma grande oportunidade”.
Entenda o é ser um microempreendedor individual, suas vantagens e benefícios:http://empreendedorindividual.sp.sebrae.com.br/

Comentários