Azul Linhas Aéreas recebe a primeira aeronave ATR 72-600 para América Latina




Companhia é a segunda no mundo a receber o novo modelo do turboélice

São Paulo, 7 de outubro de 2011 – Foi entregue hoje para a Azul Linhas Aéreas Brasileiras a primeira aeronave modelo ATR 72-600 para a América Latina. A cerimônia aconteceu na fábrica da ATR, em Toulouse, na França, com as presenças do presidente da aérea, Pedro Janot , e do presidente da fabricante, Felippo Bagnato. Batizada de Azul Tango Romeo, o avião dá início a série de 30 aeronaves encomendadas pela Azul até 2015 e deve entrar em operação em novembro. A expectativa é que até o final do ano, mais dois ATR72-600 sejam incorporados à malha. A companhia tem ainda mais 10 opções de compra do novo modelo.

Com a introdução desses turboélices, a Azul é a segunda aérea no mundo a receber a mais moderna aeronave do modelo e continuará expandindo suas operações regionais, que hoje são servidas por uma frota de oito ATRs 72-200. Esses aviões serão gradativamente devolvidos à fabricante na medida em que os ATR72-600 chegarem. Em conjunto com uma frota de 33 jatos da família Embraer 190/195, a Azul está presente em mais de 40 destinos no Brasil em menos de três anos de operações e já detém quase 10% participação do mercado doméstico de aviação.

O Brasil se tornou nos últimos anos favorável para a expansão dos turboélices da ATR, cujas aeronaves são perfeitas para utilização em rotas de curtas distâncias, uma vez que suas operações conferem um baixo custo de manutenção - cerca de 45% a menos do que as demais aeronaves em operação no País. Além disso, seu baixo consumo de combustível gera até 50% menos CO2 que outros aviões regionais, o que contribuiu para a escolha do modelo pela Azul.

Para David Neeleman, fundador e presidente do Conselho de Administração da companhia, as novas aeronaves permitirão que a empresa expanda suas operações regionais de forma a tornar a aviação comercial mais acessível aos brasileiros. “Estamos muito felizes em apresentar o novo modelo da ATR, que se encaixará perfeitamente na missão de expandir nossas operações em termos de freqüência e baixo custo”, afirmou Neeleman.

Felippo Bagnato, CEO da ATR, está confiante de que o mercado brasileiro ficará muito satisfeito com o novo modelo 72-600, que apresenta a mais alta tecnologia em termos de conforto e segurança operacional. “O Brasil é um mercado muito dinâmico e estamos convencidos de que o desempenho da ATR nos trará oportunidades de expansão no mercado brasileiro e, também, na América Latina” disse Bagnato.




Sobre o ATR 72-600

Capacidade de passageiros: 68-74;
Motores: Pratt & Whitney 127m;
Potência máxima na decolagem: 2.750 cavalos de potência por motor;
Peso máximo na decolgem: 23.000 kg;
Carga máxima: 7.500 kg;
Alcance máximo com capacidade total de passageiros: 899 milhas náuticas (1665 km).

Sobre a Azul
Com quase três anos de operações, a Azul Linhas Aéreas Brasileiras conecta 40 destinos - 39 cidades, com 300 voos diários. Somando-se às oito linhas de ônibus, são 45 cidades brasileiras conectadas pela companhia. A Azul já ultrapassou a marca de mais 11 milhões de clientes transportados desde sua fundação. Atualmente opera uma frota de 31 jatos modelo 190 e 195 da Embraer e oito ATR 72-200. O papel da empresa é estimular o tráfego aéreo e dinamizar a economia brasileira por meio de uma equação tão simples de entender quanto difícil de imitar: preços baixos com alta qualidade de serviços. O sucesso da companhia é atestado pelos prêmios “Melhor Empresa Aérea do Brasil” pela revista Avião Revue, “Destaque do Ano de 2009” do XII Prêmio Aero Magazine de Aviação, “One of the 30 World’s Hottest Brands” pela Advertising Age de Nova York e eleita a melhor companhia aérea low-cost da América Latina pela Skytrax World Airline Awards – premiação reconhecida como referencial de excelência no setor aéreo.  

Sobre ATR
Fundada em 1981, a fabricante de aviões turboélice ATR está localizada em Toulouse, na França, e é a lídermundial no segmento de aeronaves de 50 a 70 lugares. A companhia já vendeu mais de 1.200 aeronaves, operadas por 175 companhias em 94 países. Seus operadores já acumulam mais de 21 milhões de voos. AATR é uma parceria entre o grupo aeronáutico europeu, A EADS e a italiana Alenia Aeronautica aeronáuticagrupo (a Finmeccanica), e é certificada pelo ISO 14001, padrão mundial para gestão ambiental e sustentabilidade.