TAM Cargo leva onça-parda de Fortaleza para São Paulo

 

 


 
 
Unidade de cargas já transportou mais de 700 animais desde 2009
 
 São Paulo, 16 de janeiro de 2012 – A TAM Cargo, unidade de cargas da TAM Linhas Aéreas, trouxe na última sexta-feira (13), de Fortaleza para a capital paulista, uma onça-parda de 150 quilos. O animal, sob responsabilidade da Associação Mata Ciliar, foi transferido para Jundiaí, com monitoramento da instituição e do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

A TAM Cargo, que completou 15 anos de existência em 2011, mantém uma parceria com o Ibama para o transporte gratuito de espécies silvestres que foram resgatadas pelas autoridades ambientais e precisam ser reintroduzidas na natureza.

Desde 2009, a TAM Cargo já transportou mais de 700 animais, como cascavéis, capivaras, pinguins, pássaros, pôneis, um lobo marinho, uma tigresa, gaivotas e uma fêmea do urso de óculos (animal raro da América do Sul). Em novembro de 2011, a empresa levou um tubarão da espécie Carcharias Taurus, da Argentina para São Paulo, em uma operação especial e inédita no Brasil.


A TAM Cargo (www.tamcargo.com.br), unidade de cargas da TAM Linhas Aéreas há 15 anos, é responsável pela prestação de serviços de transporte aéreo de cargas, encomendas expressas e cargas especiais. Atualmente, conta com mais de 350 veículos próprios, atende com voos diretos a 42 aeroportos brasileiros, oferece coleta em mais de 400 cidades e entrega em mais de 4200 localidades no Brasil com operação porta a porta. Seu serviço de transporte internacional atinge 45 países e mais de 120 cidades no Mercosul, na América do Norte, na Europa e no Extremo Oriente. Em seu portfólio, constam produtos voltados para diversos públicos, como TAM Cargo Próximo Voo, o mais rápido do mercado para encomendas urgentes; TAM Cargo Próximo Dia, para entregas no dia seguinte ao do envio; TAM Cargo Convencional, ideal para o transporte de grandes volumes; e TAM Cargo Internacional, para importação e exportação de cargas na modalidade aeroporto-aeroporto.

Comentários