TAM retoma voo entre Uberlândia e Confins

  
 

 
 
 
Nova frequência conecta importantes regiões 
mineiras e começa a operar em 7 de maio

 
 
 
São Paulo, 16 de abril de 2012 –
A TAM Linhas Aéreas retoma, em 7 de maio, o voo entre Belo Horizonte/Confins e Uberlândia, em Minas Gerais. Com essa nova rota, operada com um Airbus A319, a companhia amplia as opções de ligação entre a capital do Estado e o triângulo mineiro, importante reduto econômico da região Sudeste. 
 
Confira os preços, horários (em hora local) e frequências do voo:  
 
* Todos os horários estão expressos em hora local.
** As tarifas estão sujeitas à disponibilidade, exigem antecedência de compra de 21 dias e podem sofrer alteração a qualquer momento. É necessário consultar as condições das tarifas no momento da compra.
 
A TAM (www.tam.com.br) opera voos diretos para 43 destinos no Brasil e 19 na América Latina, nos Estados Unidos e na Europa. Por meio de acordos com empresas nacionais e estrangeiras, chega a 92 aeroportos brasileiros e a outros 92 destinos internacionais, incluindo a Ásia. A companhia foi fundada em 1976 com o compromisso de encantar o cliente ao oferecer serviços diferenciados de alta qualidade a preços competitivos. É a líder do mercado doméstico, com market share de 39,1% no último mês de fevereiro. Também detém a liderança entre as companhias brasileiras que operam rotas para o exterior, com 87,5% do mercado em fevereiro. Com a maior frota de aviões de passageiros do país (156 aeronaves), a TAM atende seus clientes com Espírito de Servir e busca tornar as viagens de avião cada vez mais acessíveis ao conjunto da população. É pioneira, entre as companhias aéreas brasileiras, no lançamento de um programa de fidelização. O TAM Fidelidade, que possui hoje 8,9 milhões de associados, já distribuiu mais de 18 milhões de bilhetes por meio de resgate de pontos e faz parte da rede Multiplus. Membro da Star Alliance – a maior aliança de companhias aéreas do mundo – desde maio de 2010, a empresa integra uma rede que abrange 1.300 destinos em 189 países. 

Comentários