Encontro Marcado com: Flávio Venturini, Sá e Guarabyra e 14 BIS - Chevrolet Hall by Roberto Caiafa



O Chevrolet Hall foi palco, novamente, do encontro entre gigantes da música brasileira, no dia 12 de fevereiro, em Belo Horizonte. Em apresentação histórica, os músicos Sá & Guarabyra, conhecidos pelo seu “rock rural”, se apresentaram com o cantor mineiro Flávio Venturini e com a banda 14 BIS. Com as trajetórias ligadas pelo movimento musical Clube da Esquina, os artistas emocionaram o público com a riqueza poética de suas composições e uma miscelânea de sons.


Cheias de interseções, pontos de convergência e muito companheirismo, as carreiras desses artistas agora estão oficialmente juntas no palco. Em um encontro para reviver o passado, afirmar a boa forma de todos eles e redesenhar o futuro de tantos talentos, os músicos apresentaram grandes sucessos, como Espanhola, Dona, Roque Santeiro, Sobradinho, Linda Juventude, Planeta Sonho, Caçador de Mim, Nascente, Besame, Noites com Sol, Princesa e muitos outros.



O início da amizade



Luis Carlos Sá, Gutemberg Guarabyra e Zé Rodrix se juntaram na década de 1970 para criar o trio Sá, Rodrix e Guarayba, responsável por um novo estilo de música, a qual a crítica batizou de “rock rural”. Depois de três discos, Zé Rodrix saiu para carreira solo e a dupla Sá & Guarabyra continuou sua estrada, iniciando uma trajetória que rendeu discos e hits como Sobradinho, Roque Santeiro e Pendurado no Vapor. Para acompanhar a dupla, foram convocados os músicos Luiz Moreno, Flávio Venturini, Sérgio Magrão e Sérgio Hinds, que logo inventaram sua própria música e criaram o Terço.



Depois de uma carreira de sucesso, o autor de boa parte das melodias, Flávio Venturini, e o baixista Sérgio Magrão se uniram aos mineiros Hely, Vermelho, Cláudio Venturini e o montes-clarense Beto Guedes. Assim, formaram o 14 BIS, defensores da faceta mais pop do Clube da Esquina e responsáveis por músicas que trazem boas recordações para quem viveu as décadas de 1970 e 1980. Com muitas horas de palco e estúdio, Flávio Venturini saiu para carreira solo, mas nunca deixou de lado as parcerias como os colegas do 14 BIS e da dupla Sá & Guarabyra. Essa  amizade foi mostrada no show de reencontro desses artistas.



Comentários