TRIP Linhas Aéreas tem faturamento de R$ 747 milhões e crescimento de 119% no EBITDA


Logo TRIP
 



Resultados apontam a companhia como uma das mais 
rentáveis do setor em 2010, com margem de EBITDA de 15,8%

Campinas, 05 de abril de 2011 - A TRIP Linhas Aéreas, líder da aviação regional na América do Sul, apresenta seu resultado financeiro e anuncia faturamento bruto de R$ 747 milhões em 2010, o que representa um crescimento de 66,2% comparado ao ano anterior. A empresa transportou 3,3 milhões de passageiros e atingiu um lucro líquido de R$ 20 milhões.

Evolução da Receita
 
 



O destaque da companhia durante o período é seu EBITDA (lucros que precedem juros, impostos, depreciação e amortização) que registrou um volume de R$ 113,6 milhões e margem de 15,80 %. Comparando-o com empresas que divulgam balanço no Brasil, este resultado posiciona a TRIP como a empresa aérea de melhor margem em capacidade de geração de caixa de 2010 no Brasil, fruto de um modelo de gestão focado no atendimento ao cliente e na rentabilidade do negócio. 


Evolução de Margem EBITDA
 
 

Em 2010, a TRIP investiu em uma expressiva expansão em suas operações.  “Ao manter nosso foco em resultados, excelência no atendimento ao cliente e aprimoramento, integração e expansão da nossa malha, tivemos um crescimento agressivo pelo segundo ano consecutivo. Estamos muito orgulhosos pelos bons resultados em um ano marcado pelo acirramento da competição nos mercados de média densidade. Entretanto, temos a plena consciência que ainda há uma importante lição de casa para a melhoria da produtividade” aponta José Mario Caprioli, presidente executivo da empresa. Outro grande destaque foi a margem EBITDAR que alcançou 21,18% - um aumento de 35,34% em relação ao ano anterior. O volume registrado em 2010 foi de R$ 152.213.

Evolução de Margem EBITDAR
 
 






 “A decisão de pelos nossos acionistas pelo incremento nos investimentos mostrou-se novamente acertada. Isto permite que a TRIP continue sua expansão acelerada no mercado” adiciona Marcello Mascotto Iannalfo Diretor Financeiro e Relações com Investidores da companhia.

Em 2010, a empresa ampliou sua atuação no mercado doméstico com a oferta de novos voos, completando 82 cidades em 21 estados de todas as regiões do país. Inovadora e totalmente adequada às suas operações, a frota TRIP é composta por jatos e turbopropulsores. Seu crescimento elevou o número de aeronaves para 43 permitindo a realização do 3° maior número de voos no país.

Expansão acelerada também é esperada para o ano de 2011, com a previsão de faturamento em cerca de R$ 1,3 bilhões, ampliando mais de 74% suas receitas. Já em março, a empresa recebeu a primeira das 9 aeronaves E-190 da Embraer. Ao final de 2011 a companhia totalizará 57 aeronaves na frota, sendo a 3ª. maior frota de aviões comerciais do país. Serão 9 jatos Embraer E-190 (110 passageiros), 9 Embraer E-175 ( 86 passageiros ), 20 turbopropulsores modelos ATR 72 (68 passageiros) e  19 ATR 42 (48 passageiros).



Evolução da Frota – 2009 a 2011*
 
 


*Frota estimada para 2011 segundo Business Plan




A trajetória da TRIP é marcada por sua solidez financeira. Há vários anos, a empresa vem demonstrando um crescimento sólido, resultado de uma gestão transparente sobre um modelo de negócios baseado em uma espiral de fatores, como: modernização da frota, administração enxuta, maior número de passageiros e melhores preços.


Sobre a TRIP Linhas Aéreas (www.voetrip.com.br)

Com mais de 13 anos de atividade no Brasil, a TRIP é hoje a maior companhia aérea regional do País e também da América do Sul por atender o maior número de cidades e contar com a maior frota de aeronaves regionais. É controlada pelos Grupos Caprioli e Águia Branca, ambos com tradição em transporte de passageiros e um histórico de resultados sólidos e crescimento sustentado. A TRIP tem como um de seus investidores a norte americana Skywest Inc., maior empresa de transporte aéreo regional do mundo, com 700 aeronaves, que detém 20% de participação no capital da companhia. Com um faturamento bruto em 2010 de R$ 747 milhões, a empresa gera 2,8 mil empregos diretos, conta com 43 aeronaves e opera em mais de 80 cidades em todo o País.

Comentários